Grupo Arizona se junta ao movimento Setembro Amarelo

setembro amarelo

O Grupo Arizona se junta ao movimento Setembro Amarelo, com o objetivo de levar informação aos seus colaboradores, parceiros, clientes e demais envolvidos com a empresa sobre a importância da saúde mental. O ‘Setembro Amarelo’ trata-se de uma campanha criada para combater o suicídio, um tema que não deve ser um tabu, mas sim discutido e colocado sempre em pauta com o objetivo de evitar que mais vidas sejam perdidas em virtude da falta de informação e negligência.

Essa campanha foi criada em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), em conjunto com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), com a proposta de associar à cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro).

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 800 mil pessoas tiram a própria vida todos os anos, sendo 75% destes indivíduos moradores de países de baixa e média renda. Estima-se que no mundo acontece um suicídio a cada 40 segundos. Por isso, precisamos ter conhecimento sobre o problema.

As pessoas que estão em sofrimento mental e correm o risco de suicídio geralmente apresentam os seguintes sintomas:

– Comportamento retraído

– Dificuldades para se relacionar com família e amigos

– Transtornos de humor (depressão, bipolaridade)

– Transtornos de comportamento pelo uso de substâncias psicoativas (álcool e drogas)

– Transtornos de personalidade, esquizofrenia e ansiedade generalizada

– Irritabilidade, pessimismo ou apatia

– Mudanças nos hábitos alimentares ou de sono

– Apresentar ódio a si mesmo e/ou sentimento de culpa, sentir-se sem valor ou com vergonha por algo

– Apresentar desejo súbito de concluir afazeres pessoais, organizar documentos, escrever um testamento

– Apresentar sentimentos de solidão, impotência e desesperança

– Falar repentinamente sobre morte ou suicídio

– Apresentar um convívio social conturbado

O que fazer?

Se você se identificar, ou identificar alguém do seu relacionamento, com alguns desses sintomas, é fundamental buscar ajuda o mais rápido possível. Os acompanhamentos médicos e psicológicos são as maneiras mais eficazes de tratamento.

Para ajudar uma pessoa com comportamentos suicidas, é preciso:

– Ouvir, demonstrar empatia e ficar calmo

– Ser afetuoso e dar o apoio necessário

– Levar a situação a sério e verificar o grau de risco

– Perguntar sobre tentativas de suicídio ou pensamentos anteriores

– Explorar outras saídas para além do suicídio, identificando outras formas de apoio emocional, ou seja, ajuda profissional

– Conversar com a família e amigos imediatamente

– Remover os meios para o suicídio em casos de grande risco

Destaca-se que o Grupo Arizona estimula todas as formas de valorização da saúde mental e física, que deve vir, sempre, em primeiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncio Ebook

Matriz Contagem/MG

Av. Coronel Jove Soares Nogueira Nº 707
Bairro: Inconfidentes
CEP: 32.260-470

Filial São Paulo/SP

Rua 12 de Setembro, 277 – Vila Guilherme – São Paulo – SP – CEP: 02052-001

Ponto de Apoio / Serra do Navio-AP

Estrada do Tapereba, S/N
Bairro: Área Industrial da ICOMI
CEP: 68914-000

Filial Belém/PA

Estrada do Outeiro S/ N° Porto Norte Log
Bairro: Distrito Industrial de Icoarací
CEP: 668.15-902

Filial Macapá/AP

Estrada Macapá Mazagão S/N°
Porto Norte Log, Sala 5 B
Bairro: Distrito Industrial
CEP: 68.925-000

Copyright © GRUPO ARIZONA – Todos os direitos reservados.